quinta-feira, 27 de março de 2008

Margaridas amarelas

"São altas demais para mim,
magnólias e malvas silvestres.
Não há uma pequena flor por aqui
que comece com a letra M?
No pequeno leito verde
se projeta a margarida de jardim,
e ela sorri para o sol, para ti,
para mim e para todos os presentes.
Bem me queira margarida,
pois
sempre quero estar junto a ti".

3 comentários:

Florescer disse...

Kem foi o autor??

JMRM disse...

Não sei.

Retirei da net mas, não encontrei o autor :(

Florescer disse...

Ohhhh e eu a pensar que tinhas queda para poeta...
A sério pensei que tinhas tirado dessa cabecinha florida...